quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Dia 22 de Março - PLANTAÇÃO DO DIA DA ARVORE, FAFIÃO




Alguma vez, plantou uma ÁRVORE?

Então venha, no 22 de Março, plantar uma, tratar da sua, e plantar outra!
A árvore que plantar, vai estar a vida inteira a cuidar si!

Traga a sua família e amigos e venha passar um dia comunitário, em harmonia com a floresta!!!

Inscreve-te pelo mail associacao.vezeira.fafiao@hotmail.com

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Aquele lugar!!!


Levei-te comigo numa viagem inesquecível...
Percorremos trilhos e lugares paradisíacos.
Voltarei contigo ao mais alto nível...
Onde o céu e a terra... escondem lugares mágicos!
White Angel

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

01 e 02-02-14 Aperfeiçoamento de Técnicas de Alpinismo com os Espaços Natuais

Parque Nacional de Redes - San Isidro


Et me voila!!!

A começar mais uma época de Alpinismo…
Sinto uma vontade louca de seguir meus impulsos e ir ao encontro da montanha…
Escusado será dizer que depois de minha queda em Julho e embora o meu racional se sinta plenamente seguro do que quer… O meu emotivo não deixa de sentir uma pontada no estômago de quem receia… de quem ainda vê e sente o corpo a rebolar montanha abaixo de forma descontrolada… ainda tem a recordação de quem durante uma queda tem plena noção que tem de parar e não esta a conseguir… que recorda perfeitamente que se não parasse naquele momentos mais uns metros abaixo tinha de enfrentar outro neveiro e hoje poderia não estar aqui para contar…
Pois é, bem que me avisaram que eu iria passar por isto tudo…
Mas chegou a hora de enfrentar “os monstros” de um passado recente… E vou enfrentar com o mesmo amor, paixão e coragem com que sempre enfrentei essa montanha que tanto me seduz e me enfeitiça!!!

Deixo aqui registos fotográfico da primeira atividade que correu bem, mas na qual confesso que pela primeira vez na minha vida chorei de pânico. Numa progressão em que ia a frente quando olhava para a pendente que empinava cada vez mais, bloqueei… Por mais que meu monitor me dissesse que eu estava segura, eu bloqueei … O medo apoderou-se de mim e nem para a frente nem para trás… Perguntei muitas, varias vezes a montanha o porquê mas ela não me respondeu… O Carlos Araújo meu monitor encordou-me a ele e só assim consegui progredir com os meus próprio pés… O resto da atividade correu muito bem com calma… com muito auto controle de minha respiração, consegui chegar ao fim da atividade… Já no regresso voltei a olhar para aquela pendente… Meu Deus não era assim tão acentuado, no passado já havia progredido em pendentes bem mais acentuadas! Como era possível sentir o que senti, o pânico no qual entrei quando já havia feito algo bem mais “difícil”…
Voltei a olhar para montanha, voltei a questionar disse-lhe que por mais difícil que ela fosse eu havia de voltar a conquista-la, eu havia de voltar a sentir confiança nela e acima de tudo ela havia de voltar a aceitar-me e reconhecer-me filha da serra como sempre fui e sou…
Muito que pensar… muito que meditar nestes próximos dias… até a próxima actividade, em breve. Uma frase me acompanha nestes últimos tempos e tenciono fazer dela meu tema de meditação…



“Quando você afirma positivamente que vai dominar seus receios e chega a uma decisão definitiva em sua mente consciente, liberta o poder do subconsciente, que flui em resposta à natureza do seu pensamento.”

Clicar na foto para ver o Album

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

26-01-14 Serra da Estrela

Para Sempre

Por que Deus permite que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite, é tempo sem hora, luz que não apaga quando sopra o vento e chuva desaba, veludo escondido na pele enrugada, água pura, ar puro, puro pensamento.

Morrer acontece com o que é breve e passa sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça, é eternidade.
Por que Deus se lembra - mistério profundo - de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo, baixava uma lei:
Mãe não morre nunca, mãe ficará sempre junto de seu filho e ele, velho embora, será pequenino feito grão de milho.


Carlos Drummond de Andrade


Clicar na foto para ver o Album