quinta-feira, 25 de setembro de 2008

20-09-08 Limpeza nos Carris





Clicar na foto para ver o Album



Dia 20 de Setembro de 2008, hoje a caminhada ia ser diferente, hoje ia limpar a serra que me acolhe todas as semanas. Saímos muito cedo de Guimarães, eu mais 3 colegas, amantes da natureza e sobre tudo do Gerês.
Chegamos a Portela Do Homem cerca das 8h15. Alguns elementos já tinham iniciado a caminhada mas o Rui ainda esperava por nos e muitos mais que se foram juntando mas sem se conhecerem. Estranho em 2 tempos passamos a conhecer toda a gente. No caminho fomos passando uns pelos outro, fomos nos conhecendo e conversando. Paramos a meio do caminho para repor energias e continuamos o Nézinho até ali tinha ligado o turbo, foi preciso por travão para ele abrandar. Chegando aos Carris encontrei o Antoni e a namorada que também caminhavam com o grupinho deles. O tempo de trocar impressões e chegou o resto do pessoal, quase só pastores e residentes de Vilar da Veiga.
Paramos para almoçar mas mais parecia um festim do que um almoço na Serra. É que aquela gente alimenta se muito bem. Não faltava nada nem o vinho, nem os petiscos, o queijo, o presunto, as meloas e o café que o Paulo trouxe, veio mesmo a calhar.
Depois de bem comer e beber… toca a trabalhar toda a gente arregaçou as mangas e apanhou tudo quanto lixo havia… quilos, mesmo incrível a quantidade de lixo que a gente encontrou… Por vezes acho que para muita gente caminhar na serra é uma moda… Não é não. Caminhar na serra é acima de tudo “AMOR” e “PAIXAO” com todo o carinho e respeito que a senhora Serra merece.
Antes de regressar ainda acabamos o resto do lanche, pois não podíamos descer muito carregados… e tínhamos de carregar o lixo. Ai começou a parte mais difícil… o REGRESSO. Não queria, palavra que não queria regressar, queria ficar lá encima. Queria que o tempo parasse. Conforme ia descendo, algo me dizia para ficar, para não descer, lá encima está-se tão bem. Senti varias vezes o toque da brisa no meus lábios… sabor doce e por vezes amargo. Senti o vente a envolver me nos seus braço e agradecer o que tinha acabado de fazer. A serra sentia se leve e eu senti me amada, querida e desejada. Mas o caminho que se fazia longo até chegar ao cimo, de repente fez se tão curto e chegamos demasiado rápido a Ponte. Ainda esperamos algum tempo pelos outros mas o tempo fazia se tarde para os meus colegas e tivemos de regressar a Guimarães… Viagem toda fiquei ali quietinha a saborear e assimilar tudo o que senti e vivi naquele dia… há dias assim que nunca deveriam acabar.

Conheci o Filipe de Vilar da Veiga que sente a serra como se fosse casa dele. Conheci o Tò e o Litos ambos de Riba de Ave que pouco conhecem do Gerês mas já viram a serra de um ângulo que pouca gente viu. Conheci o Rui de Braga com quem ja caminhei tambem e cruzei na serra. Conheci o Clemente… ah!!!!! O “malandro” do Clemente, quem disse que pastor leva uma vida triste??? Ninguém triste tem o sorriso daquele Homem.
Quero agradecer especialmente aos meus colegas de Guimarães que abdicaram de uma caminhada que eles tinham planeado, para ir limpar os Carris… é de louvar… Um bem-haja a todos vos que merecem a minha admiração e o meu respeito…

7 comentários:

riachho disse...

Olá Dórita
Já á algum tempo que não passava por cá, recebi o teu mail das fotos e vim cá dar um pulo e gostei do que vi, bela iniciativa com bastantes voluntários que aderiram para esta etapa de limpeza dos Carris...são pessoas como vós que estão sempre prontas a preservar o nosso parque que deviam ser reconhecidas por este trabalho.

Bjs.

Riachho

Antonio Pereira disse...

Moises........ Moises...abre Moises...linda foto, pessoas magnificas.
PS: nunca mais sai esse texto Dorita, tá ruimmmmmmmm.
Um grande abraco

White Angel disse...

To,,,

O texto saiu onteemmmmmmmmm!!!!
Pouco antes de enviares o teu comentario :):):)

Abraço....

topereira disse...

Pois é so reparei depois :))))

abraço...

Topereira disse...

O Bono dos U2 anda com um gravador para se lembrar dos momentos inspirados e de tudo que acontece, tu não precisas :))))))))))) está tal e qual como descreves-te.Parabens.
Abraços

Preto disse...

Olá 'anjinho branco'...
Parabéns pelo teu blog mas sobretudo parabéns pelos textos que parecem saídos da minha alma e que levam de novo à Serra sem lá estar...
É bom sentir uma alma gémea na paixão pelo Gerês...

Nunca é demais enviar um abraço a todos os (fantásticos) companheiros da limpeza...

Bejinhos, 'Rui de Braga' :)

White Angel disse...

Aloha Rui!!!!!!!!!!!!! :)

Obrigada pelo post... mas agora temos de combinar algo todos juntos novamente... Aquele convivio foi muito bom. Mais la para diante vou tentar juntar novamente algumas das pessoas que foram la cima... tu inclusive...

Abraço Monatnheiro