terça-feira, 29 de janeiro de 2008

27-01-08 Xertelo - Alto do Castanheiro - Lamalonga - Lagoa do Marinho - Xertelo (27,5 km)



Clicar na foto para ver o album


Dia 27 de Janeiro, primeira caminhada do ano com os Calcantes. Já tinha saudades dos desafios deles…9h30 já estava no Xertelo, tanto era o medo que eu tinha de chegar atrasada e iniciarem a caminhada sem mim. Conversei um pouquinho com um pastor que passava ali e iniciamos a caminhada eram 10h. Subimos ate ao marco geodésico do Castanheiro passando pelo Castanheiro do Sinal e Alto das Portas do Castanheiro. Até ai, foi sempre a subir, aproveitamos para almoçar e descansar ali. Desta vez foi o Daniel quem trouxe o Baileys, quanto ao Zé como já é habito não esqueceu o cafezinho: muito bom. A Raquel continua a brindar nos com a sua boa disposição e alegria a Lurdes com a sua serenidade (pelo menos aparente) o Ricardo com o seu ar muito despreocupado e o Pedro continua com os seus altos desafios (que eu adoro).
Depois do descanso merecido Seguimos junto a Ribeira da Negra até a Matança, lindíssimo. Na Matança encontramos uma brecha e um trilho antigo para passar para a Lamalonga mesmo por baixo de Salto do Lobo.
A paisagem vista deste ângulo é um espectáculo como quase todas as paisagens no Gerês. Descemos a corga de Lamalonga e começamos a subir a nossa direita passando por baixo da Maceiras, descemos até ao Couce e apanhamos o trilhos que vem das Abrotegas até as Lagoas, ainda conseguimos ver a Lagoa do Marinho ao longe.
Avistamos as Minas do Borrageiro mas continuamos caminho pois a noite estava a chegar e tínhamos de chegar ao estradão ainda de dia.
Chegamos as Lagoas do Marinho já ao anoitecer; Espectacular!!!! Só visto, o jogo de cores que a natureza nos presenteia a essa hora é duma beleza fora de serie; Incrível mesmo.
Entramos na contagem decrescente, o estradão, duro…duro… mas voltava a fazer para poder apreciar a noite sem luz, no seu esplendor, sem adulterar a sua beleza com a luz artificial das grandes cidade.
Tentamos encontrar o trilho que existe no Alto da Surreira do Meio-dia. Encontramos, mas o seguro morreu de velho e embora com lanternas, achamos mais sensato continuar no estradão.
De noite sem luar, pouca coisa podemos ver mas se olharmos para o céu, o espectáculo e de cortar a respiração. Tantas mas tantas estrelas, nao havia lugar para mais nenhuma.
Espectaculo que não podem de forma alguma ver na cidade. Foi a minha segunda caminhada com os Calcantes… bom demais…


6 comentários:

Alexandre Nuno disse...

Olá White Angel.Dás-me o teu email para adicionar ao mailing list do Mundo da Alma? Assim, estarás sempre informada, e terás informações específicas.Até domingo com alguma chuvinha...

NO GERES disse...

Boas

Achei este blog por intermedio do blog do alexandre, está muito interessante e tem grandes fotos, tenho pena de não poder ir á caminhada em picães mas fica para uma
proxima.

Ps. Se quizeres dá uma vista de olhas ao meu blog
www.no-geres.blogspot.com
e ao blog do pessoal
www.pegadaebota.blogspot.com

Gonçalo disse...

Ontem perguntaram-me que sítio indicaria para uma viagem sozinha num fim-de-semana para um reencontro pessoal?
A minha opção foi Gerês, não pelo que conheço (que é muito pouco), mas por aquilo que transmites...Um dia quero sentir a beleza do Gerês do jeito que a transmites, quero muito:)
Beijinhos grandes para ti e bom fim-de-semana****

calcantes disse...

boa caminhada!
tambem os companheiros eram do melhor!!!!!!

Jorge Nogueira disse...

Olá,
Cheguei a este blog, pelo comentário na mariola azul no Carris_Blog.
Fico satisfeito em ver tantas pessoas que se preocupam com a natureza, então o Gerês tem muitos protectores!
Estive a ler os relatos das vossas caminhadas, muitos dos locais já os conheço, mas através dos relatos fico com a sensação que ainda há muito para conhecer.
Embora as caminhadas sejam um complemento dos nossos hobbies preferidos (canyoning e espeleo), vamos fazendo algumas!
Já te adicionei nos endereços do meu blog!
Boas caminhadas

White Angel disse...

Ola Jorge,

Muito obrigada pelo comentario e pelo carinho que demonstras em adicionar me.Ja tenho vindo a visitar o vosso blog, claro tambem pelos comentarios que tens deixado noutros blogs.
Nao so sou protectora de toda a natureza como tambem sou uma amante apaixonada pelo Geres, no qual vou buscar todas as minhas energia(local sagrado para mim).E de facto tambem tal como tu, conclui que nao sou a unica. Ha muita gente que partilha o mesmo gosto o mesmo respeito pela natureza.

Saudaçoes montanheiras e boas caminhadas tambem.