segunda-feira, 3 de março de 2008

02-03-08 - Leonte - Pé de Medéla - Prados da Messe- Costa Sabrosa - Leonte 22km.

Leonte - Pé de Medela - Prados da Messe - Costa Sabrosa - Leonte

Clicar na foto para ver o album

Dia 2 Março mais uma caminhada, e mais uma vez aquela excitação de como se fosse a primeira caminhada. Não sabia ao certo quantos caminheiros iriam aparecer, foram poucos é verdade, mas do melhor.
O Rui Jorge alias “Olhos de Águia” e a Cris alias “Storm” chegaram a horas, foram os corajosos que se levantaram cedo para uma das mais belas caminhada que fiz até hoje em todos os sentidos. Companhia, boa disposição, tempo maravilhoso, paisagem que as fotos falam por si, e até a educação cultural quanto a formação das rochas tivemos direito. Pérola Negra e a Brisa já nos esperavam um pouco mais adiante.Chegamos a vila do Geres as 9h15 o tempo de tomar um cafezinho e iniciar a caminhada as 9h40.

Iniciamos a nossa caminhada em Leonte e teimosa como sou, queria atingir o Pé de Medéla que já tinha feito uma primeira tentativa mas foi abortada devido ao mau tempo.
Subimos até ao Prado do Mourô e logo ali avistamos um grupo de Domingueiros que acompanhamos até a Freza. Ai, eles seguiram pelo Curral do Camalhao e nos subimos até ao Chã da Fonte. Fomos em direcção a Lomba de Pau e antes de chegar ao Conho, cortamos a nossa esquerda e fomos em direcção a Carris de Macieira. Logo logo chegamos ao Pé de Médela eram 13h30. Almoçamos, conversamos, descansamos, meditamos e até para um pezinho de Salsa tivemos tempo. Bom demais, o tempo lindíssimo permitiu que namorássemos aquelas paisagens, sentimos aquela sensação prazerosa de bem-estar, paz e liberdade. Aquela Plenitude que o Grande Chefe sem Cabelo tão bem relata nos seus poemas.
Depois do dever comprido fomos em direcção ao Prado da Messe, passamos por baixo do alto de Albas, avistamos a nossos pés o Curral de Pedra e deparamos com a beleza inconfundível do Prado da Messe. Mais umas fotos, recarregamos energias, mais um namoro com a natureza e prontinhos para seguir caminho. Subimos Lombo de Burro e fomos em direcção ao Prados Caveiros subindo ate a Costa Sabrosa e até atingirmos o trilho que ali há. A chegar ao cimo da Costa Sabrosa deparamos com um cenário digno de” que Hollywood” ninguém faz um cenário destes, só a mãe natureza mesmo, espectáculo mesmo. Convido-vos a ver as fotos porque elas falam por si. As nuvens prezas entre as montanhas, o por do Sol laranja já a fugir para o roxo, um jogo de cores de ficar horas e horas a contemplar, tanta era a beleza. Mas tivemos de acordar e por pernas ao caminho tínhamos de chegar ainda de dia a estrada da Mata da Albergaria.
E bingo….chegamos a tempo, são e salvos mas a estrada foi toda ela feita com a luz da lanterna, mais uma noite para apreciar, mais estrelas para namorar…

Here i go again on my own,
Going down the only road i 've ever known.
Like a drifter i was born to walk alone,
Cause i know what it means,
To walk along the lonely street of dreams.





8 comentários:

NO GERES disse...

Grandes fotos, já se vê que foi uma bela caminhada e eu aqui a roer-me de inveja ;)
Parabéns e continuação de boas caminhadas.

Paulo Jorge
no geres

White Angel disse...

Oi Paulo Jorge,

O tempo estava um espectaculo, as paisagem nem se fala... e o pessoal, pouco mas do melhor.
Deu tempo para tudo, caminhar, conviver, apreciar e até um pésinho de Salsa junto ao Pé de Medéla. Divinal mesmo, so espero um dia ter o privilegio de caminhar contigo tambem.

Beijinhos e obrigada pelo post.
Swàsthya

Alexandre Nuno disse...

Boas fotos, boa companhia, boa serra, boa metereologia, boa alma, só faltou o "Grande Chefe sem cabelo" ter ido, para curar esta inveja...

White Angel disse...

Meu querido Grande Chefe,

Deixa essa inveja saudavel de lado... é que de facto de corpo nao estavas, mas o espirito esse tenho a certeza que estava. Pois falamos tantas vezes do Grande Chefe sem Cabelo foi tantas vezes lembrado, que era impossivel que a sua alma nao estivesse presente!!!! quere quisesse ou nao.
Alias algumas pessoas foram lambradas nesta caminhada.

Saudaçoes montanheiras.
Swàsthya

medronho disse...

Excelente descrição de um excelente trilho.

Muitos parabéns :)

White Angel disse...

Obrigada Medronho pelo post...

E aproveito para dizer que tambem foste uma pessoa lembrada nesta caminhada.Pois recordei muitas vezes a troca de impressoes que tivemos quanto a este trilho e claro tentei seguir os teus conselhos a faze-lo circular. Conselho que segui e fiz com sucesso.

So espero um dia tambem ter o privilègio da vossa companhia.

Saudações montanheiras

Vitor Hugo disse...

Belo percurso. Ouvi falar muito bem dessa caminhada hein ;-)
Mas as fotos falam por si, não é verdade?
UmAbraçoGrande

White Angel disse...

é verdade Victor a caminhada foi excelente, mas faltavam la algumas pessoas e uma delas eras tu e a Katia.

Quero vos ver na proxima...

Beijao