domingo, 20 de fevereiro de 2011

Amizade desinteressada, existe SIM...

Hoje mais uma vez foi deparada com uma situação que ultimamente tem vindo a ser meu tema de meditação... Se dantes duvidada, questionava pensava e até filosofava sobre o assunto... Hoje tenho a certeza...A amizade pura, desinteressada e mesmo a distancia, existe SIM... Hoje digo com todas as letras, é nas dificuldades que a gente vê os grandes "corações"... Não precisamos de muitos amigos e muito menos da presença constante e sufocantes deles... Só precisamos saber que eles estão do nosso lado quando precisamos deles...

Hoje mais uma vez não por mim mas por uns colegas que estavam na serra e com alguma dificuldade em chegar aos carros. A esposa de um ligou me dizendo que eles ainda estavam na serra e já de noite cerrada. Liguei de imediato com eles para saber ao certo onde estavam. Liguei de seguida com o Fernando de Matos de Fafião que eu sabia que estava cá de férias; esta emigrado no Luxemburgo. Alguém devia estar do meu lado quando Henriqueta mulher do Fernando resolveu me confirmar o nr. de telemóvel do seu marido dois dias antes, pois graça a isso liguei com o Fernando..." Fernando preciso de um grande favor teu" disse eu, ao qual ele respondeu logo de imediato."diz Dorita"... Ele não pensou duas vezes a nenhum momento senti a voz dele a vacilar... Dei lhe as referencias onde meus colegas estavam. Pegou no carro e no melhor amigo dele, seu cão e foi ao encontro deles... Quando liguei com os meus colegas para saber como estavam já o Fernando esta com eles. Tudo acabou bem, eles já se encontravam em Pousada cerca de 2,5 Klm em linha recta de Fafião, mas exaustos...

Imagino, bem dito carro do Fernando que os levou de regresso a aldeia…

Digam-me, mas digam-me com toda a sinceridade, do que é que eu mais preciso... Definitivamente, eu nunca estou só... eu sou de facto uma abençoada pela vida:)
Tenho verdadeiros amigos.

De Pousada...

Podem ler aqui mais: http://asnotasparaomeudiario.blogspot.com/2011/02/uma-aventura-na-serra.html

14 comentários:

Vamos ali disse...

nunca estás só!! e só recebes o k dás!!!
bj!

White Angel disse...

Começo a acreditar que de facto estou a colher o que semiei..:)

Beijinhos

joca disse...

Obrigado Dorita. Foi uma enorme aventura aque vivemos ontem e o teu amigo foi fantástico.

http://asnotasparaomeudiario.blogspot.com/2011/02/uma-aventura-na-serra.html

Lírio disse...

Dorita:
Ainda não te conheço pessoalmente mas já deu para perceber que és muito querida entre os amigos!
Em relação ao conceito de amizade, concordo plenamente com a tua filosofia, pois um verdadeiro amigo nunca pede nada em troca e está sempre pronto a ajudar.
Para bons momentos estão sempre todos presentes, já para os menos bons...

Beijinhos!

White Angel disse...

Joca :)

Alegra-me saber que acabou tudo bem... alegra-me saber que ainda existem pessoas como o Fernando... alegra-me poder ajudar seja quem for... e alegra-me saber que tens o mesmo conseito que eu tenho da amizade..:)

Por fim, vamos ter de marcar um dia a fazer esse percurso com bom tempo...

Beijinhos.

White Angel disse...

Lirio,

Será para breve o nosso encontro.... ja faltou mais... e depois temos de cumprir a "promessa" e levar a Kelly a Srª do Camalhão...:)

Como diz um colega meu e acredito seriamente nisso... Só estou a receber aquilo que sempre dei,sem pedir nada em troca...

Beijinho Muito Grande.

joca disse...

Temos que marcar essa caminhada. Já tinha percorrido a zona por diversas vezes em diferentes caminhadas, mas nunca tinha tentado fazer o trilho como está marcado. Apesar das condições não terem sido muito favoráveis o trilho é fantástico. É verdade que é extenso e duro, mas será um dos melhores trilhos do PNPG. Nós estivemos para fazer o trilho no sentido anti horário com algum receio do caudal, que se tornou numa barreira intransponível, mas optámos por deixar para fazer primeiro o complicado. Hoje percebo que foi um erro de avaliação. Continuo a achar que será a melhor forma de fazer o trilho, mas em dias incertos será melhor ir directo ao Porto da Lage. O resto do trilho faz-se com maior ou menor dificuldade de orientação, não dá é para ter o mesmo prazer.

White Angel disse...

Louro,

Eu prefiro a nível paisagístico e até de dificuldade, fazer o trilho no sentido anti-horario… Já o fiz varias vezes nos dois sentidos, e agora só o faço com algumas variantes que o embelezam ainda mais…
Quanto ao caudal do rio há uma passagem antes ou depois da represa (dependo do sentido) em que tu consegues passar o rio, tens é de conhecer ai uns 250 mts mais abaixo da represa depois é só atravessar o rio Laço que esse não tem dificuldade alguma… Mas o melhor de facto é a gente fazer esse trilho com tempo bom… e com algumas variantes que eu conheço;)
É que descer os Bicos Altos com o por do sol a tua frente, a barragem de Salamonde e a albufeira da caniçada aos teus pés, é algo de suberbo.

Beijinhos e até breve.

joca disse...

Seja assim, mas acredita que tentamos antes e depois. Só que não dava mesmo para passar. Passar o rio Laço foi a primeira dificuldade que tivemos que vencer. Acredita que a água estava bem gelada. ;)

ANGELINA GOMES disse...

são nestes pequenos / grandes momentos que se vêem os verdadeiros Amigos... há poucos mas ainda os há!
inclusive, também podemos contar sempre com os nossos amigos de 4 patas que nunca nos viram as costas.
ainda bem que tudo acabou em bem, a amizade está de PARABÉNS:)

White Angel disse...

Acredito Louro... por vezes é mais facil falar quem esta de fora... A verdade é que quem estava la eras tu, e de certeza que esgotaste todas as possibilidades. A prova de que a vossa decisão foi a mais sensata, é que tudo acabou bem. Tiveram sangue frio e como dizes muita amizade e companheirismo para sair dali.

White Angel disse...

Ángelina,

A amizade esta de facto de parabens.;)

beijinhos

Pedro Vieira disse...

Boas,

Primeiro de tudo, os meus Parabéns!
Ainda só li 2 posts e já percebi os bons valores que o caracterizam. Acredito que é a aproximação à Natureza que nos transforma de optismo e filosofia. Faz-nos antigir niveis de liberdade nunca antes vividos. Possibilidade de pensamento, de reflexão e de verdade através de um simples caminhar pela floresta.

Vi num post anterior que já caminhou pela espectacularidade, beleza e filosofia dos Pirineus. Ando desde o inicio do ano a pensar e preparar-me para uma aventura idêntica já nas próximas férias.
Mas como principiante estou cheio de duvidas. Gostaria de saber se me poderia dar com exactidão o lugar onde tirou as fotos [especial onde se vêem os lagos], se existem albergues, parques de campismo nas imediações. Gostaria de experienciar tais vivências, contudo planei-o faze-lo sozinho e antes de me aventura na Natureza, gostava de estar totalmente apto e não completamente isolado.

Os melhores Cumprimentos,
Pedro Vieira

White Angel disse...

Ola Pedro,
Antes de mais obrigada pelo comentàrio.
A area que percurremos foi o Val d'Aran e a zona dos lagos fica nas Aiguestortes... é lindissimo, recomendo...:)
Quanto a essencia que retiro da natureza, principalmente da montanha, é essa mesmo que acabou de citar:)

Se me facultar um endereço de email, terei todo o prazer em lhe enviar os percursos em questão, contactos de refugios, pontos de interesse, etc...etc...etc...
Quanto a caminhada solitaria, o bom senso recomenda nunca caminhar sozinho...mas a minha vos interior diz me que o prazer é tanto que o bom senso deixa de ter voto.
Recomendo que se prepare muito bem...

Saudações Montanheiras